sábado, outubro 31, 2009

Coringão: a rádio que transmite em preto e branco

Com a demora da implantação do rádio digital no Brasil, a radioweb tem ganhado cada vez mais espaço. A recepção deste tipo de emissora por alguns aparelhos celulares de última geração é um avanço considerável, já que permite que a transmissão expanda os limites do computador e faça uso da mobilidade, uma das principais características do rádio.

Outro diferencial que começa a se proliferar no universo das radiowebs é a originalidade e segmentação das programações. Muitas vezes, estas nascem do descontentamento de um ouvinte com o padrão das emissoras que costuma ouvir. Vide nosso amigo Edu Malavéia, que você ouve aqui neste blog.

Neste sentido, acabo de ser surpreendido com a notícia da existência da Rádio Coringão. Gostei tanto da ideia, que a anuncio aqui a partir do texto do próprio site:

"A Rádio Coringão nasceu com o intuito de levar ao torcedor alvinegro a melhor programação esportiva especializada no Corinthians.

Nosso portal de notícias informa diariamente em tempo real o que de mais importante acontece no mundo corinthiano: resumo do dia, contratações, especulações e temas pertinentes ao dia-a-dia do clube.

Nossa programação de rádio está sendo criteriosamente elaborada para cercar todo tipo de ouvinte, seja pelo horário ou assuntos de interesse.

Transmissão de jogos ao vivo, programas de debate e uma mesa bem humorada toda sexta-feira discutindo o que de melhor irá acontecer na rodada do final de semana.

Fique ligado! Clique aqui e acompanhe tudo que rola na Rádio Coringão."

Esta dada a dica. Para você que é louco pelo Coringão, experimente ouvir a transmissão do clássico de amanhã pelo site.

Para dar um gostinho do tom da emissora, que transmite todo seu amor em P&B, ouça aqui o programa Preleção do último dia 13.






quinta-feira, outubro 29, 2009

Seminário Internacional de Radiojornalismo começa amanhã em Curitiba

A partir de amanhã, 30 de outubro, tem início o IV Seminário Internacional de Radiojornalismo, na cidade de Curitiba (PR). A organização é da IMPRENSA Editorial.

Acompanhe as novidades em tempo real pelo twitter http://twitter.com/seminario_radio e pelas matérias publicadas no Portal Imprensa durante a semana. Para mais informações, acesse: http://portalimprensa.uol.com.br/seminarioderadio/informacoes.asp

Leia mais:
Entrevista de Lúcio Mesquita, BBC, ao Portal IMPRENSA

Entrevista de Milton Blay, desde Paris, ao Portal Imprensa

Radioescuta Peças Raras: Salomão Schvartzman e Jornalismo Literário

Neste boletim Radioescuta Peças Raras, o destaque é mais um momento que foge à regra e coloca uma pitada de arte e crítica em meio a uma programação jornalística. É algo que julgo que seja muito bem feito já a alguns anos pelo Arnaldo Jabor no Jornal da CBN.

Ouça o boletim completo desta quinta, dia 29 de outubro.

Mas o nosso assunto aqui é o colunista Salomão Schvartzman, que com sua voz grave e bem colocada faz comentários do cotidiano pela Band News FM. Aqui ele narra uma história em que a polícia é tomada de assalto. Acompanhe ainda o RAP do JL (Jornalismo Literário) e também uma deliciosa descrição sobre as galinhas e as raposas, texto que você confere aqui e que foi escrito por André Caramuru Aubert, que tem 47 anos, é historiador e trabalha com tecnologia.

AS GALINHAS E AS RAPOSAS: PARA VOCÊ QUE BOTA OVO COMO EU

Nós galináceos, por sabermos que galinha solta é bagunça e sujeira na certa, com poleiros imundos e pena e titica voando pra todo lado, decidimos nos organizar em forma de galinheiro, todo cercadinho e bem cuidado, de acordo com as disposições que seguem:

I. O galinheiro é das galinhas, e sua função básica é garantir a soberania do galinheiro, a liberdade, a educação e a saúde de cada um dos membros da comunidade, sejam eles galos (inclusive os de briga), sejam galinhas, sejam galinhas-d’angola, sejam frangos, sejam pintos.

II. Para assegurar que o galinheiro possa ser o lugar que se espera dele, atendendo às necessidades do conjunto das galinhas, estas escolherão, em eleições livres e democráticas, representantes entre as raposas, para tomar conta de tudo.

III. Ou seja, a função das raposas é tomar conta do galinheiro.

IV. Para garantir que as raposas façam um bom trabalho, serão eleitas outras raposas para fiscalizar as primeiras raposas. A tóca em que as raposas se reunirão para votar leis e vigiar as raposas governantes será chamada de Casa da Mãe Joana, em homenagem à heróica galinha de mesmo nome. Para que tudo funcione bem direitinho, haverá rotatividade entre as raposas, com as raposas que governam alternando sua função com as que fiscalizam, a cada quatro ou, no máximo, oito anos.

V. Às galinhas é facultada a posse de asas, mas é vedado o voo. As raposas, que nem asas têm, voarão, quando necessário, para o exercício de suas funções, com passagens subsidiadas, que poderão ser repassadas a parentes, inclusive surfistas.

VI. Para assegurar que o galinheiro viva em paz e segurança, e que as galinhas não voem, não roubem nem abusem do consumo de milho, as raposas criarão um serviço de vigilância, com câmeras fotográficas, bafômetros, cigarrômetros e radares de diversos tipos.

VII. A privacidade das galinhas é direito essencial. Dessa forma, desde já se avisa que elas podem estar sendo filmadas ou tendo suas conversas gravadas.

VIII. Para que os serviços prestados pelas raposas possam ser executados a contento, serão cobrados, das galinhas, impostos, taxas e contribuições, temporárias ou permanentes. O montante a ser pago deverá equivaler a um ovo em cada três.

IX. As galinhas que não pagarem os impostos serão promovidas a frango assado.

X. Se alguma riqueza for descoberta no subsolo do galinheiro, ela pertencerá a todas as galinhas. Para garantir que o produto da descoberta beneficie todo o galinheiro, ela será explorada com exclusividade pela Petro-galo, empresa pública administrada pelas raposas.

XI. A arte, a crítica e o livre-pensamento devem ser incentivados pelas raposas por intermédio de fundos especiais de apoio à criatividade das galinhas. Já está programada, para este ano, uma peça de teatro baseada na obra educativa do chicken mac nugget George Orwell, que mostra claramente que as galinhas só podem confiar mesmo é nas raposas.

XII. Para compensar a dívida histórica com as galinhas-d’angola, cujos antepassados foram trazidos para o galinheiro de certa forma, por assim dizer, a contragosto, as raposas determinam que haverá um sistema de cotas para estas, de forma que, de cada dez frangos assados de padaria, canjas ou yakisobas de frango, dois terão que ser preparados com aquelas galinhas.

XIII. Se acontecer, por acidente, de brilhar a estrela de uma galinha e ela ser eleita, no meio das raposas, para tomar conta do galinheiro, as raposas deverão providenciar uma cirurgia urgente para que essa galinha seja transformada em raposa. Não importa, - aliás é até bom -, que por fora ela continue a se parecer com uma galinha, pois assim ela será uma raposa ainda melhor. Além disso, a raposa que permanecer em cargos eleitos por mais de 30 anos, mesmo que esteja mais suja do que pau de galinheiro, ganhará imunidade contra qualquer acusação, pois terá, a seu favor, a história.

A propósito ainda do tema, fica nosso convite para que você visite o blog http://www.crisvnf.blogspot.com. A descrição fica a cargo da própria jornalista nas linhas que seguem: "Jornalista, estou sempre envolvida em fatos e acontecimentos. Talvez por dever de ofício, Dalva Ventura sempre persegue a síntese, a objetividade e, talvez por isso, às vezes me cansa. Para fugir destas amarras, me transmuto em Cris V, aqui neste blog ou em Priscila V, que de vez em quando arrisca uns poemas, quase todos guardados a sete chaves. Tem horas que sinto vontade de ter uma só identidade, digamos, mas estou em cada uma delas, não tem jeito. Multifacetada, confusa, dividida, atribulada e, sobretudo, muito, muito contraditória.

segunda-feira, outubro 26, 2009

Família Bandeirantes em festa: Salomão Ésper e Silvânia Alves recebem homenagens


Salomão Ésper e Silvânia Alves recebem homenagens nesta segunda. Ouça os destaques na voz de José Paulo de Andrade, no Pulo do Gato.


(se o player não estiver visível, clique aqui)

A edição do Jornal Gente da Rádio Bandeirantes (AM 840 / FM 90,9)deste dia 26 de outubro reverencia Salomão Ésper.

O radialista completa 80 anos de idade e recebe mensagens de parabéns dos ouvintes da emissora.

Aqui você acompanha o programa na íntegra, diretamente do site da emissora.

Outro motivo de comemoração para a família Bandeirantes é a homenagem que a jornalista Silvânia Alves recebe esta noite na UniÍtalo. A apresentadora do "Você é Curioso?", ao lado de Marcelo Duarte, será agraciada com o Troféu Pasquale Cascino no IX PRÊMIO PROIN. O evento pode ser acompanhado pelos alunos da Universidade a partir das 8 e meia da noite.

Salomão Ésper foi o entrevistado do Sofá Bandeirantes no dia 9 de novembro do ano passado. Acompanhe aqui o programa que é apresentado nas noites de domingo sob o comando de Paulo Galvão. Para ouvir as outras entrevistas do Sofá Bandeirantes, clique aqui.

segunda-feira, outubro 12, 2009

Oscar Pardini em entrevista ao vivo na Bandeirantes AM

Uma das maiores virtudes do rádio atual é a instantaneidade em que leva as coisas ao ar. Estava - como de costume - meio dormindo, meio acordado com o radinho de pilha sintonizado na Bandeirantes, quando fui surpreendido pela participação ao vivo, agora, a 1:30 da madrugada, de Oscar Pardini.

Ouça a entrevista a Zancopé Simões, em que Pardini fala do novo show da trupê que comanda.
(se o player não estiver visível, clique aqui)

Atualmente o Café com Bobagem apresenta programa de humor diário e com o mesmo nome, a partir das 18:00 horas, horário de Brasília, em duas emissoras simultaneamente e ao vivo, fato inédito na história do rádio brasileiro, já que não se trata de transmissão via satélite e sim de revesamento. O grupo formado por 5 humoristas, se revesa nas duas emissoras transmitindo ao mesmo tempo, os dois programas com perfil de público e programação diferentes. As emissoras são: Rádio Educadora FM, 91,7 Mhz, Campinas - São Paulo, com programação jovem, pop-rock e Transcontinental FM, 104,7 Mhz, São Paulo - SP com programação jovem e adulta popular brasileira, ambas as emissoras com perfil de audiência muito bem qualificado e nas duas, o programa é líder de audiência em seu horário. Além das músicas, o grupo faz interações com o público em momentos de muita diversão e apresenta quadros de humor.

Os internautas podem escolher e ouvir qualquer um dos dois programas, em qualquer lugar do planeta, acessando os endereços www.educadorafm.com.br ou www.transcontinentalfm.com.br. Outra opção é acessar www.cafecombobagem.com.br, ir ao "radinho" e nele escolher qual das duas emissoras ouvir ao vivo.

Fonte: www.cafecombobagem.com.br

sexta-feira, outubro 09, 2009

Trailler: entrevista com Eli Corrêa

O mês de outubro tem início com boas novas para o rádio.

A primeira delas é o anúncio de que a Capital AM, 1040 KHz de São Paulo, permanece com sua programação popular de qualidade.

Outra notícia que merece nosso destaque é a comemoração dos 40 anos de carreira do "homem sorriso do rádio".

Para marcar esse momento especial, ouça aqui trecho de entrevista exclusiva em que o comunicador comenta sobre a cobertura que irá fazer nesta segunda, dia 12 de outubro, da missa da padroeira na Praça da Sé, no centro da cidade paulistana. Acompanhe também um trailler do que vem por aí em nossas próximas edições, quando você vai ouvir a entrevista na íntegra.


quinta-feira, outubro 08, 2009

Peças Raras para as crianças de todas as idades


Para aproveitar a proximidade de mais um dia das Crianças, relembre a campanha da Fundação Telefônica, veiculada em diferentes mídias, entre elas o rádio, no final de 2006.

A mensagem dos jingles é a de que a criança não deve trabalhar nem viver na rua e sim ter oportunidade de viver a mudança social por meio da educação.


Ouça as músicas interpretadas por Toni Garrido, Simoninha e Luciana Mello.

(se o player não abrir ou quiser baixar este áudio, clique aqui)

Desenvolvida pela agência Young & Rubicam, a campanha tem ainda a assinatura da produtora Tribbo Post e da S de Samba (de Simoninha). As letras foram compostas por Jair Oliveira.

Tenho muitas ressalvas em relação à Telefonica, tanto que consegui me desvencilhar tanto do serviço de telefonia como de internet da empresa. Mas no campo social ressalto a importância de um dos projetos sociais na área da educação da Fundação Telefonica. O portal EducaRede (www.educarede.org.br) foi desenvolvido para contribuir para a melhoria da qualidade do ensino público e oferece suporte para a comunicação entre alunos e professores.

Ouça mais:

Acompanhe uma seleção especial de comerciais que de uma forma ou outra envolvem a presença de crianças.
(se o player não abrir ou quiser baixar este áudio, clique aqui)

Pra começar, o nascimento de trigêmeos em campanha da Becel. Na sequência, tem: um comercial para Ferramentas Famastil em que uma garotinha impertinente faz perguntas do tipo de onde vem os bebês para seu pai; outro com perguntas difíceis de se responder para o Bradesco Previdência; Tem anda duas campanhas que envolvem personagens dos contos infantis como Bicho Papão, Lobo mau, Chapeuzinho Vermelho;
Pra terminar 3 músicas que remetem a contos infantis e 3 jingles destinados às crianças: Boi da Cara Preta cantada por uma soprano em campanha para o Shop. Frei Caneca de SP, Peixinho para a Fundação Onda Azul, o recente sucesso entre a garotada Poupançudo da Caixa; Bala de Leite Kids de Renato Teixeira e Mamíferos Parmalat.

Alimente a criança que existe dentro de você e seja feliz.

terça-feira, outubro 06, 2009

9 anos sem Hélio Ribeiro


Em 6 de outubro de 2000, Hélio Ribeiro morreu, aos 65 anos, vítima de uma parada cardiorespiratória, após permanecer internado por cerca de 10 dias no Hospital São Cristóvão, na Mooca, em São Paulo. O enterro aconteceu no cemitério da Quarta Parada, também na zona leste da cidade.

Desde então, formou-se o embrião daquilo que viria a se constituir no Memorial Hélio Ribeiro. A sociedade civil sem fins lucrativos tem como finalidade dar continuidade à obra daquele que é considerado um dos maiores radialistas que o Brasil já teve.

Hoje, além do site, o Memorial divulga o legado de Hélio Ribeiro nos eventos em que participa, em emissoras de rádio e também em cursos de Comunicação, Jornalismo e Publicidade, por meio de palestras proferidas nas universidades.


Ouça entrevista com integrantes do Memorial, concedida à Rádio Cumbica em 19 de março de 2008.
(se o player não estiver visível, clique aqui)

A seguir, um breve resumo sobre Hélio Ribeiro, enviado por Sidney Magrini:

Hélio Ribeiro dirigiu algumas das maiores emissoras de Rádio do Brasil (Piratininga, Difusora, Gazeta, Tupi, Jovem Pan, Capital, Bandeirantes) e apresentou seu programa O PODER DA MENSAGEM, com retransmissão em todo o Território Brasileiro nas décadas de 60, 70, 80 e 90. Foi professor de comunicações da USP, transferiu-se para os Estados Unidos onde foi redator da U.P.I., foi narrador da Paramount Pictures, Metro Goldwyn Mayer, Twentieth Century Fox, Columbia Picturs, Universal Internacional e lá em N.Y. também manteve no ar um programa de rádio.
Foi ainda correspondente nos Estados Unidos do sistema Globo-Excelsior de Jornalismo, depois sistema Globo de Rádio, e das revistas Marketing e Propaganda. Foi aprovado em concurso para Voice of América.

No Brasil, foi ainda produtor associado da Fundação Cásper Líbero e teve, no Sistema Globo de Rádio, através da Rádio Globo a apresentação da última série do programa “O PODER DA MENSAGEM”, programa que marcou indelevelmente a formação moral de várias gerações de ouvintes e teve suas conquistas e qualidades reconhecidas por grandes nomes do rádio, da televisão e dos meios de comunicação e meios publicitários do Brasil, cujos depoimentos fazem parte do acervo do MEMORIAL HÉLIO RIBEIRO.

HÉLIO RIBEIRO destacou-se ainda no meio publicitário, sendo criador de vários jingles e campanhas publicitárias famosas.

Impossível não associar Hélio Ribeiro ao Rádio.

Destacamos a seguir, na voz de Hélio Ribeiro, o mais belo e perfeito texto sobre o Rádio já escrito.

Ouça "Eu Sou o Rádio", de autoria do saudoso radialista.

Esse texto faz parte do acervo do MEMORIAL HÉLIO RIBEIRO e foi exibido e utilizado nas palestras proferidas nas Universidades que mantêm Cursos de Comunicação e Jornalismo.

FONTE: MEMORIAL HÉLIO RIBEIRO – www.helioribeiro.com.br

quinta-feira, outubro 01, 2009

Capital AM se prepara para festa da padroeira, dia 12


Definitivamente, uma boa notícia.
Agora é oficial. A Rádio Capital , 1040 KHz AM de São Paulo, não será mais vendida ou arrendada.

A emissora permanece com o atual dono. Nelson Morizono teve uma reunião nesta quarta-feira, 30, com o diretor-geral Chico Paes de Barros para informar que recebeu várias ofertas pela emissora nos últimos meses, mas que prefere conservá-la.

De acordo com fontes oficiais, Chico informou à corporação ontem mesmo que a rádio seria mantida. Alívio geral. A programação é mantida e a Rádio vai transmitir, dia 12 de outubro, direto da Praça da Sé, a Missa da Padroeira, celebrada pelo cardeal-arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, às 10 horas. O comunicador Eli Corrêa, que comemora seus 40 anos de sucesso no rádio, estará lá.


Ouça Eli Corrêa no comando da oração à Nossa Senhora, que abre o programa do popular comunicador diariamente às 6 da manhã.
(se o player não abrir, clique aqui)

Os rumores de que a rádio estaria sendo sondada por uma igreja começaram no início de setembro, após publicação da notícia no site Bastidores do Rádio.

No último dia 5 de setembro, recebi a mensagem do radialista Carlos Althieri, de Caruaru, Pernambuco. Entre outros assuntos, ele comentava que havia ouvido boatos de que uma igreja estava prestes a arrendar a Rádio Capital - 1040 KHz de São Paulo. Althieri também adiantou que já tinham sido publicadas algumas informações desde o dia 4 de setembro a respeito desse misterioso fato no site Bastidores do Rádio. O Observatório da Imprensa também repercutiu a notícia.

Radiografia: aula de radiojornalimo de Heródoto Barbeiro


No quadro Radiografia, você confere a terceira e última parte da entrevista com Heródoto Barbeiro. O âncora da CBN dá uma verdadeira aula de radiojornalismo. No bate-papo com o repórter Daniel Grecco, ele diferencia o papel das escolas de jornalismo e do diploma para quem pretende exercer a profissão; relembra como aconteceu a transmissão em conjunto com a Bandeirantes AM, durante o governo Collor; e revela que ouve e aprende com as concorrentes.


Ouça a entrevista.
(se o player não estiver visível,clique aqui)

Ouça mais:
Na Parte 2, Heródoto explica como a história do rádio evolui para acompanhar a velocidade dos dias de hoje

Na Parte 1, Heródoto revela como deixou a História para entrar para o Jornalismo e viver o tempo presente.

NOS BASTIDORES DA ENTREVISTA



O repórter Daniel Grecco comenta detalhes do bate-papo que resultou na entrevista que você confere em três partes aqui no Peças Raras.
(se o player não estiver visível, clique aqui)