quarta-feira, novembro 30, 2011

Folha: Silvio Santos pode perder o seu "lá, lá, lá, lá..."

Archimedes Messina (à esquerda) e Luiz Henrique Romagnoli, clicados por mim,
 na entrega do 10º Prêmio de Criatividade em Rádio
O texto, a seguir, foi reproduzido do site Folha.com:

30/11/2011 - 07h47

Publicidade
DE SÃO PAULO


Quase dez anos após vencer Silvio Santos na Justiça, o compositor de uma das músicas mais famosas da TV levará uma bolada em dinheiro do dono do SBT e, de quebra, o jingle que marcou a trajetória do apresentador.

Trata-se do famoso "Lá, lá, lá, lá... Agora é hora / De Alegria / Vamos sorrir e cantar / Do mundo não se leva nada / Vamos sorrir e cantar. Lá, lá, lá, lá... Silvio Santos vem aí...", que virou briga judicial envolvendo o compositor Archimedes Messina e o SBT.

Messina, que diz ser o criador do jingle de Silvio Santos, venceu em 2001 o processo que movia contra o SBT por danos morais e materiais pelo uso da música sem pagamento por mais de 40 anos.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quarta-feira (30). A íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

Depois de muitos recursos e apelações, o processo foi encerrado. Não cabe mais recurso por parte do SBT. Messina venceu a ação em que pede uma indenização de cerca de R$ 5 milhões à emissora, e o pagamento de cessão de direitos da música.

"Nos próximos dias, assim que sair a publicação da decisão da Justiça, o SBT terá de parar de executar a música ou comprar os direitos dela", diz a advogada de Messina, Eliane Jundi.

O compositor, hoje com 80 anos, não sabe ainda se vai pedir a revisão do valor estipulado para a indenização.
Procurado, o SBT não se manifestou sobre o assunto.

Em sintonia com Archimedes Messina:
Na entrega do 10º Prêmio GPR de Criatividade em Rádio, em abril de 2009, Messina foi o mestre de cerimônias. A equipe do blog Peças Raras conversou com ele, que ressaltou como se deu a criação do famoso "lá, lá, lá, lá..." e também de outros jingles históricos, como os da Varig e do Café Seleto. Ouça no player abaixo, divirta-se e emocione-se.






Nenhum comentário: