quinta-feira, fevereiro 09, 2017

NET Educação traz entrevista com Drauzio Varella


No início era o rádio. De ouvinte a comunicador, Drauzio Varella fez sua estreia em um meio de comunicação há 3 décadas. Em 1986, sob a orientação do saudoso jornalista Fernando Vieira de Melo, iniciou campanhas que visavam ao esclarecimento da população sobre a prevenção à AIDS, primeiro pela rádio Jovem Pan AM e depois pela 89 FM de São Paulo. “Na época, nós estávamos em uma epidemia de AIDS e ele (Fernando Vieira de Melo) me sugeriu fazer mensagens explicando como a doença se transmitia e quais os cuidados que as pessoas tinham de tomar”. 

O gosto por compartilhar conhecimento foi adquirido antes. Varella é um dos fundadores do Curso Objetivo, onde lecionou química e física durante quase 20 anos. Talvez tenha sido o fato de utilizar microfone para se comunicar com salas de aula com cerca de 400 alunos que tenha feito com que descobrisse a veia de comunicador. O jeito direto e didático de abordar os assuntos mais delicados prosseguiu na TV, mídia impressa, livros e finalmente ganhou a Internet, em uma dezena de canais.

No áudio, o médico cancerologista revela o que o motiva a ensinar. “Eu estudei em uma das maiores universidades do país. Mas quantos tiveram esta oportunidade?”. É com este pensamento que Draw, como também é conhecido nas redes sociais, acredita que a rede mundial de computadores tem um potencial como nenhum outro meio de comunicação para transmitir informações importantes a todas as camadas sociais.


Ainda nesta edição especial, Varella fala sobre a comunicação com os jovens, comenta a respeito do acesso de professores e alunos ao seu site pessoal e afirma que não basta informação para mudar comportamentos. “Isto é uma tarefa a longo prazo e que tem que envolver a sociedade inteira”. 

Assista também ao vídeo em que Drauzio Varella narra sua trajetória como comunicador:


Nenhum comentário: