sexta-feira, julho 28, 2017

Oficina: Caminhos do Mário - Ecos da Pauliceia Desvairada





Nas tardes de terças-feiras, durantes os meses de agosto e setembro, eu (Marcelo Abud) e o fotógrafo e roteirista Paulo Toledo estaremos coordenando a oficina "Caminhos do Mário - ecos da Pauliceia Desvairada", na Oficina Cultural Casa Mário de Andrade, na Barra Funda.









Marcelo Abud e Paulo Toledo, no início dos anos 2000, foram sócios
na produtora de roteiros de vídeo "Roteiro Central"

Sobre a oficina:
Com a finalidade de revisitar os caminhos de Mário de Andrade pela cidade de São Paulo, a Casa segue com o projeto artístico que pretende culminar numa exposição de fotografias, peças radiofônicas, roteiro de vídeo, fotos e textos relacionados ao bairro e à cidade em que viveu o autor de A meditação sobre o Tietê, que evocará memórias de Mário de Andrade ao longo de trajetos que um dia o poeta percorreu.
Os participantes selecionados para o Grupo de Estudo e Pesquisa frequentarão oito encontros, realizados uma vez por semana, com eixos artísticos inter-relacionados que servirão de base para a formação de grupos específicos, coordenados por Marcelo Abud (radialista, professor e pesquisador) e Paulo Toledo (fotógrafo, roteirista e produtor).
O Grupo, cujas atividades envolvem a pesquisa de campo, terá o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre a produção e a vida de Mário de Andrade; para tanto, seus integrantes serão estimulados a criar novas obras artísticas inspiradas na trajetória do escritor.
Durante os encontros, haverá conversas e dinâmicas conduzidas por especialistas de diferentes áreas artísticas ligados direta ou indiretamente à obra de Mário de Andrade. A saber: Reynaldo Bessa, escritor, professor de Letras e músico conduzirá um módulo envolvendo o gênero crônica e a escrita criativa. Estão sendo confirmadas duas outras participações, que irão se dedicar a estimular o grupo para a criação de um canal de resenhas literárias no YouTube e a entender e reproduzir um processo de adaptação de uma obra literária clássica para linguagens como HQs e vídeo. O coordenador do espaço e músico Marcelo Tupinambá também fará participações para falar, por exemplo, sobre a importância da criação de uma trilha original em áudios e vídeos.
Como resultado, os participantes vão desenvolver processos artísticos em diferentes linguagens (foto, vídeo, áudio, texto) e visitarão espaços como a Pinacoteca e o Theatro São Pedro, espaços ligados aos caminhos que Mário fez pelas artes do Brasil.
A base para a oficina serão pesquisas de campos da etnografia e crônicas da cidade, por meio de leituras dos livros "Táxi e Crônicas No Diário Nacional", "Amar, verbo intransitivo" e "Mário de Andrade Fotógrafo e Aprendiz", em sete encontros, culminando, no último dia, em um evento aberto ao público com apresentações provenientes do processo desenvolvido pelo próprio Grupo.
Serviço:
Terças-feiras, 8, 15, 22 e 29 de agosto, 5, 12, 19 e 26 de setembro das 14h às 17h
Público: Livre
Inscrições até o dia 08 de agosto (ou até as vagas serem preenchidas)
40 vagas

Nenhum comentário: