quarta-feira, dezembro 17, 2008

Música para os Olhos

Abro uma exceção em nossas peças raras radiofônicas para alertar sobre uma preciosidade da poesia.

Nesta quinta, dia 18, Reynaldo Bessa lança o livro Outros Barulhos. Acima, o convite com os detalhes.

Ouça aqui “Cartas de Amor”, poema de Carpinejar musicado por Bessa.

Leia a orelha do livro, assinada pelo também recém-descoberto talento da literatura Fabrício Carpinejar.

O músico e compositor Reynaldo Bessa guardou a infância no quarto até onde deu. Agora explodiu pelas janelas e portas.
"Outros barulhos" é um baú que transbordou: quando os mortos e vivos se embaralham na linguagem, lembranças são confundidas com premonições; vozes, com cheiros. Ou ele publicava esse livro ou ficava louco, não tinha escolha.
É uma fartura de vida, um armazém de fiados, armário de brinquedos extintos, que todo leitor vai se exuberar.
É uma obra da saudade. A saudade alegra, inclusive, os dias em que cortamos os dedos.
O livro quer a poesia como iluminação da corda. Faísca da corda de violão. Eu pergunto: quantas forcas há no violão? Quantos homens são desenforcados pela música?
É uma música muda. Uma música que estica a vida que não houve.
Bessa é poeta. Pela intuição maravilhosa. Pelas comparações novas. Pelo tempo de descrever, e, acima de tudo, de se calar na hora certa. Como um menino ingênuo, ele questiona: "como pode alguém com fome/ ter medo de relâmpagos?" Alguém já pensou nisso antes?
Pela verdade apurada, de antever contradições e desarmar ciladas da auto-ajuda.

"Há algo de liso, de falso, de suspeito,
na total aceitação.
uma leve, porém inquietante tensão,
feito a frágil sacola do supermercado que a gente nunca
sabe se vai romper ou se vai agüentar
as compras até chegar em casa."

Sua sensibilidade é espiã. Não suportaria suas dores se não carregasse também a dos outros. Por isso, sofre com o bêbado voltando para casa, como se houvesse um trapézio transparente na rua; os vizinhos rindo e os familiares o segurando com os olhos. A poesia quando narração é imbatível. A poesia como contadora de histórias é imbatível.
Sabemos muito mais da memória de Bessa.

"o silêncio
do meu irmão
doía mais
que as pancadas
do meu pai."

Porque ele nos confidencia sua imaginação.

Fabrício Carpinejar
poeta e jornalista, mestre em
Literatura Brasileira pela UFRGS.

sábado, dezembro 13, 2008

Fim de ano: Confira a mensagem da Rádio Bandeirantes

- O que é o novo?
- Você pode até pensar: o novo é o jovem, que o novo é o que nasceu agorinha.
- Você pode até imaginar que novo é a última novidade, que a gente acaba de conhecer.
- Nada disso, repara uma coisa: o novo tá sempre ali nas coisas que nos chamam a atenção. Até num carro antigo, numa foto amarelada... - O novo é uma espécie de estado de espírito.
- A gente sente alguma coisa diferente acontecendo, e pronto!
- Taí o novo, batendo em nossa porta- Sensibilidade pra perceber e atitude pra mudar.
- Demorô, tem que se ligar.- Se a gente for mais justo, mais tolerante, já é algo novo, né?- Pra fazer um novo país, pra aprender alguma coisa nova
- ... um amiguinho novo.
- Novo, é um planeta mais verdinho, uma brincadeira nova.
- Um irmãozinhoCada um sonha com seu ano-novo. Cada um faz o seu ano-novo. Sinta no ar o que há de novo e aproveite.O desejo da família Bandeirantes é que cada dia de 2009 seja dia de fazer seu ano novo.

Ouça aqui a mensagem que está no ar pela emissora.

Quem gravou:A rnaldo Ricardo Meyer, 75 anos
Madalena Bolchi, 88 anos
Arnaldo Ricardo Meyer, 75 anos
Aarão Silas Vieira, 48 anos
Bronislava Tervydis, 88 anos
Lourdes Bolchi Tervydis, 62 anos
José Antônio de Araújo Filho, 50 anos
Ana Lucia Botelho Santos, 42 anos
Caroline Coli, 21 anos
Cauê Trodócimo, 20 anos
Daniela De Ângelo Morás, 20 anos
Victor Blas Sapateiro Pena, 15 anos
Marina Cury Schutze, 11 anos
Maria Carolina de Faria e França, 22 anos
Luis Felipe de Faria e França, 12 anos
Julia Cury Schutze, 6 anos
E as crianças Gabriela, 6 anos, Gustavo, 6 anos e Luiza, 5 anos



quinta-feira, dezembro 11, 2008

Rádio Teen ousa e lança programação anti-depressão


A webradio Teen entrou no ar em janeiro deste ano. Prestes a completar seu primeiro aniversário, a emissora comandada pelo DJ Fábio Kupper alcança uma média de 10 mil ouvintes diariamente. O sucesso se deve a parcerias feitas com diversos sites e blogs que mantêm o player da Teen em suas páginas.

Kupper acaba de colocar no ar a mensagem de fim de ano e também a nova campanha da emissora para 2009. A proposta é que a programação seja ainda mais ousada e se transforme em um antídoto para a depressão. A idéia é eliminar músicas que façam o ouvinte lembrar de amores, ex-amores ou que deixem um quê de tristeza no ar. O DJ garante que no ano que se aproxima só vai ter música dançante para combater qualquer possibilidade de baixo astral.

Ouça a mensagem de Natal da Teen

A programação musical da Rádio Teen é eclética e inclui estilos como dance e black music, pop rock, música eletrônica e um toque de MPB. Os programas são dinâmicos e interativos, onde o ouvinte participa de maneira direta. Conta também dentro da programação com programas de Dj´s, mixados, em edições compactas e especiais como o Black Teen, programa de black music, e o Injeção Eletrônica The Fest, um dos melhores programas de música eletrônica da Internet Brasileira.
A equipe da Rádio Teen é formada por universitários que trazem o conhecimento dos seus estudos para rádio e por profissionais que trazem a experiência de mercado.

Baixe para seu MP3 ou ouça aqui mesmo uma hora de programação da radioteen.net.

Ah, quando você ouvir a Teen vai identificar uma voz familiar. Sim, a locução padrão da emissora é feita por este que vos fala e escreve aqui no blog Peças Raras.

terça-feira, dezembro 02, 2008

30 Anos sem Omar Cardoso

Se você está em sintonia com o nosso Radioescuta Peças Raras, é porque gosta de rádio. Assim como aconteceu comigo, talvez já tenha recebido também, por e-mail, uma apresentação de slides sobre o rádio dos anos 40 ou 70. O autor dessas preciosidades é o psicoterapeuta Luiz Uchida, de 52 anos.

Saudosista, Luiz Uchida revela que começou a desenvolver os slides em powerpoint em 2005 para manter a memória daquilo dos anos 70 e dividir as emoções que sente com outras pessoas que viveram ou ouvem falar sobre aquela época.

Segundo Uchida, enquanto os jovens curtiam a Jovem Guarda, muitos avós e pais repudiavam aquele movimento e preferiam ouvir o horóscopo do dia.

Omar Cardoso era o mais famoso astrólogo do país. Suas previsões eram retransmitidas para mais de 30 emissoras em todo o território nacional.

Quando morreu em 22 de novembro de 1978, o astrólogo apresentava o programa Bom Dia Mesmo, na Rádio Bandeirantes, às 9 da manhã, onde lia o horóscopo, respondia cartas e dava conselhos.

Luiz Uchida conta que todos acompanhavam Omar Cardoso, mas poucos tinham coragem de confessar.
Para conhecer mais e ver os slides sobre os rádios dos anos 40 e 70, vá ao blog Rick Store.

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Sofá Bandeirantes revela talento de Paulo Galvão

Paulo Galvão comanda o Sofá Bandeirantes
(Foto extraída do site da emissora)
Para os ouvintes mais atentos, Paulo Galvão já é um nome de destaque da Bandeirantes AM. Eu me lembro de ter começado a escutá-lo no Jornal de Amanhã. Depois, no Acontece, Galvão se notabilizou por dar uma cara mais cultural ao final de noite de domingo na emissora, ao levar - inclusive - música ao vivo e artistas das mais variadas vertentes ao programa. Mas "o pulo do gato" do jornalista foi iniciar a série Sofá Bandeirantes com José Paulo de Andrade.

De lá para cá, o trio do Jornal Gente foi o destaque do programa. O próximo será José Silvério, que, como me revelou em off o próprio Galvão, rendeu uma entrevista de 90 minutos, assim como uma boa partida de futebol.
Salomão Ésper, José Paulo de Andrade e Joelmir Beting: Gente de rádio
Enquanto você aguarda o próximo Sofá, atendendo a inúmeras solicitações recebidas pelo e-mail (contato@pecasraras.com), disponibilizo aqui a entrevista com José Paulo de Andrade e os links para as conversas com Salomão Ésper e Joelmir Beting.

Clique aqui e ouça a entrevista com José Paulo de Andrade.

Baixe e ouça a entrevista com Salomão Ésper.

Baixe e ouça o bate-papo com Joelmir Beting.

O Sofá Bandeirantes ainda não tem uma periodicidade regular, pois depende muito do horário em que a Jornada Esportiva se encerra. Mas com o final do Campeonato Brasileiro deve ser transmitido com maior regularidade. De qualquer forma, o quadro faz parte do Jornal Acontece, levado ao ar no final da noite de domingo pela Bandeirantes AM e as entrevistas especiais geralmente são apresentadas a partir das 22:30 h.

Para mais informações, você pode ir diretamente ao endereço do programa Bandeirantes Acontece.

Aqui no Peças Raras você irá acompanhar a agenda das próximas edições.