sábado, maio 29, 2010

A Minha Cidade: Luciano Oliva conta como era a Cidade da qual fez parte


No último dia 21 de maio levei uma turma de alunos para a visita monitorada promovida pelo departamento de Comunicação da Jovem Pan. Como sempre a receptividade foi de primeira linha. Destaque para a felicidade ao constatar que o mestre das chamadas da Jovem Pan AM, Aloisio Mathias (clique aqui e conheça alguns trabalhos assinados por Aloisio), acompanha este nosso blog.

No estúdio da FM, acompanhamos de perto o trabalho de Luciano Oliva. Ele é locutor de rádio desde 1991 e apresentador de TV desde 2000. Apresenta o Playlist 100,9 na Jovem Pan FM diariamente às 14h.

Luciano passou também pela Cidade FM do Rio de Janeiro, por isso é destaque da série "A Minha Cidade", que teve início em 22 de janeiro deste ano em comemoração aos 30 anos da entrada no ar da emissora do sistema JB aqui em São Paulo.

O locutor enviou o depoimento e os áudios que você confere a seguir:

"Trabalhei na Rádio Cidade do Rio de Janeiro por quase dois anos - entre 1996 e 1997 - e lá conheci alguns mestres do Rádio: Fernando Mansur e Maurício Figueiredo, que fizeram parte da equipe de locutores na estréia em 1977 e que nos anos 90 trabalhavam na JB FM, também do Grupo JB de Rádio, Eduardo Andrews, diretor artístico que fora o responsável pela liderança da Cidade e Transamérica, no Rio, na década de 80 e responsável por minha ida pra Cidade, entre outros.
Sabíamos do sucesso da Cidade também em São Paulo. Foi muitíssimo bom relembrar algumas passagens aqui no Peças Raras. Parabéns ao Abud e todos do Blog.
"

Ouça no player abaixo algumas passagens de Luciano: primeiro pilotando a Cidade FM do Rio de Janeiro; depois, em um verdadeiro achado, o locutor ataca de cantor tendo nada menos do que o Kid Abelha no acompanhamento em entrevista na Rádio O Dia FM.


(se o player não estiver visível ou quiser baixar este arquivo, clique aqui)

Ouça mais:
Digite "A Minha Cidade" na caixa de busca na parte superior esquerda deste blog e acompanhe dezenas de histórias envolvendo profissionais da extinta, mas jamais esquecida, Cidade FM.

Nenhum comentário: