quarta-feira, maio 25, 2011

Rádio Doce Rádio

Ananias no novo lar. Detalhe para o rádio no canto direito da foto.
O quadro Lar Doce Lar, apresentado no programa Caldeirão do Huck do último sábado, trouxe a história da Família Silva, de Cascável (Paraná).

A carta com a solicitação da transformação da casa foi escrita por Priscila, de 16 anos de idade. Ela relatou a comovente situação em que se encontrava juntamente com os irmãos.

Há mais de 10 anos, a mãe da garota havia abandonado o lar. O pai, Seu Ananias, trabalhava em uma lavoura e, apesar do amor pelos filhos, não tinha condição de cuidar deles.

Priscila e três irmãos foram morar no Abrigo Recanto da Criança. A condição para que voltassem a viver com o pai era que este tivesse uma casa digna para abrigá-los.

Você deve estar se perguntando por que estou comentando esta história em um blog tradicionalmente voltado ao rádio. A resposta é simples. O pai Ananias é uma figura que conquista tanto o apresentador do programa como qualquer pessoa que assiste ao quadro. O que o torna tão especial é um fato que recebe total destaque na conversa com Luciano Huck. Ananias é um senhor muito bem informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Essa sabedoria toda vem de um único recurso. Ele declara ouvir rádio dia e noite, sempre na CBN.

Assista aqui (nos 2º e 3º blocos) o Lar Doce Lar com a Família silva, de Cascável, Paraná.


É interessante ver uma história como esta, que - certamente - se repete em outros lares. Quando estive, no último dia 06 de maio, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, para acompanhar de perto a festa de aniversário de 74 anos da Rádio Bandeirantes, tive o prazer de encontrar diversos "Ananias".

Confesso que do jeito que o meu interesse pelas produções televisivas caminha, eu também vou por essa trilha.


Um comentário:

Marcelo Gomes disse...

Bela postagem! Acho que o Sr. Ananias prova que Roquette Pinto estava certo quando dizia que: "O rádio é a escola dos que não têm escola. É o jornal de quem não sabe ler; é(...)".

Abraços