quarta-feira, setembro 21, 2011

Instituto Alguem na luta contra o câncer - uma linda campanha


Lecionar, como qualquer outra atividade, tem seus altos e baixos. Quando, no entanto, nos deparamos com uma campanha inteligente e útil, que - de alguma forma - ajudamos a criar e produzir, nem que esta ajuda tenha sido apenas a de dar liberdade à autora das mesmas, percebemos que "tudo vale a pena, se a alma não é pequena", como dizia Fernando Pessoa.

No início deste semestre, Simone Mozzilli, sócia da agência Bubbledot, voltou à faculdade para ter aula de Produção Publicitária em Rádio. Ela só percebeu que a disciplina estava pendente em seu histórico escolar porque necessitou solicitar o diploma, após mais de uma década de formada. O que poderia ter sido encarado como uma obrigação, logo se mostrou um exemplo de como as práticas em sala de aula podem se transformar em produtos profissionais e com uma finalidade nobre. Mozzilli aproveitou o trabalho de criação de um spot para realizar essas incríveis peças para o Instituto Alguem, ao qual ajuda voluntariamente.

Ouça aqui o spot Comemoração

Neste link, você tem acesso ao spot Conto de Fadas


Os spots contaram com a colaboração do Maestro Billy e de Maria Fernanda, do Estúdio Mellancia, que ficaram responsáveis pela locução. O sonoplasta Sérgio Zannoti também merece destaque pelo sempre primoroso empenho na edição.

Conheça a origem do Instituto Alguem, nas palavras de Simone Mozzilli:
Ana Luiza era uma criança de 7 anos, que adorava esportes. Um dia acordou passando mal e com dores de cabeça. Seis dias depois foi removida via UTI aérea para São Paulo, onde foi diagnosticada com rabdomiossarcoma metastático. Após 10 meses de luta, faltando apenas 20 dias para retornar a Manaus, o câncer voltou e ela faleceu em um mês.

Giulia foi um bebê muito planejado por uma família que já tinha 3 membros: mãe, pai e filha mais velha. Nasceu saudável e na primeira viagem à Disney teve febre e ficou sem apetite. Ao voltar pra casa, após
15 dias foi diagnosticada com neuroblastoma supra renal. Foi pra São Paulo em UTI aérea e lutou 3 meses.
Faleceu com 1 ano e 9 meses.

Infelizmente elas não venceram a doença, mas foram vitoriosas durante todo tratamento, distribuindo graça e força em meio ao sofrimento e plantando amor e solidariedade no coração de milhares de pessoas que se sensibilizaram para ajudá-las.

Foi diante de toda essa mobilização que os pais das duas resolveram criar um instituto para ajudar outras crianças a terem as mesmas oportunidades de tratamento que suas filhas tiveram.

INSTITUTO ALGUEM
Ana Luiza e Giulia Unidas Em Missão

Um comentário:

Simone Mozzilli disse...

Obrigada ao Marcelo Abud, que pode tornar este spot real :) E lindo!