segunda-feira, março 28, 2011

Abud estreia em novo quadro do "Você é Curioso?", da Rádio Bandeirantes

Agora é oficial. Neste sábado, dia 2 de abril, vou estrear um novo quadro no "Você é Curioso?". No programa, que vai ao ar semanalmente entre 10 e 12 horas, o Interferência vai resgatar momentos históricos do rádio. Não será apenas um bloco para relembrar um momento especial ou personalidade do rádio. A ousadia está na proposta de reconstituir o antigo formato nos dias de hoje.

Na estreia, o tema é o Patrulha Bandeirantes. O ouvinte vai matar a curiosidade e entender porque o programa que se propunha a "defender a cidade contra o crime" foi líder de audiência durante as duas décadas em que permaneceu no ar (entre 1955 e 1974). Patrulha teve em Leonardo de Castro seu narrador titular. Nas interpretações dos personagens, merecem destaque Ronaldo Baptista e o saudoso Muíbo César Cury, que também era o substituto de Castro, em períodos de férias.

Depois de conhecer a história, um caso policial atual será contado nos moldes da atração que foi pioneira desse gênero, até hoje detentor de grande audiência no rádio.

Inicialmente, o quadro será levado ao ar todo primeiro sábado do mês.

Interferência - com Marcelo AbudSábado - das 10 às 12 horas
No "Você é Curioso?", da Rádio BandeirantesAM 840 / FM 90,9 (em SP) e http://www.radiobandeirantes.com.br/
Dia 2 de abril: Patrulha Bandeirantes

Blog Radiomantes: O gol 100 de Ceni

Tomo a liberdade para reproduzir em nossa relação de peças raras, o post do blog Radiomantes. Sensacional!

Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress
"Para quem quiser ouvir como os narradores de rádio e tv descreveram o gol numero 100 de Rogério Ceni, basta clicar aqui

Tem as vozes de José Silvério, Odinei Edson, Hugo Botelho, Téo José, Cleber Machado, Oscar Ulisses, Paulo Soares e Deva Pascovicci.

Créditos ao internauta André Bueno, que deixou o link aqui no sistema de comentários" (do blog Radioamantes).

VOCÊ É O COMENTARISTA:
Depois de ouvir as 10 narrações históricas do centésimo gol de Ceni, gostaria de saber qual é a sua preferida. Deixe sua resposta nos comentários do blog.




segunda-feira, março 21, 2011

45 anos de Rádio Jovem no Brasil Parte 3: Radioweb Alive revive os tempos da Jet Music


Chegamos ao terceiro e último capítulo da série que marca o início do rádio jovem no Brasil, com a entrada no ar em 27 de março de 1966 da inovadora programação da Rádio Mineira, de Belo Horizonte.

Esse, aliás, foi o foco do primeiro episódio. Na conversa que mantive com Edu Malaveia abordamos a importância da programação que ficou conhecida como Plenimúsica e Factorama.

Na segunda parte, a influência dos DJ's norte-americanos, ainda em AM, no estilo do rádio jovem brasileiro entrou em pauta. Um contraponto entre Wolfman Jack e o nosso Big Boy deu tom ao bate-papo.

Nesta edição, o destaque é a programação da Rádio online Alive. Em 2008, a emissora abre espaço, aos domingos, a noite, para recriar o ambiente da antiga Difusora 960 de São Paulo com sua Jet Music. Aqui, você acompanha o convite de Ângelo Vizarro Jr.

Na sequência, fique com a edição na íntegra do programa.
Jet Music na Alive com Ângelo Vizarro Jr. - 1ª Parte:

(se o player não estiver visível ou quiser baixar este áudio, clique aqui)

Jet Music na Alive - 2ª Parte

(se o player não estiver visível ou quiser baixar o arquivo, clique aqui)

Ouça mais:
A 1ª parte dessa série especial sobre 45 anos de rádio jovem no Brasil está aqui.

Acompanhe também a 2ª parte ao clicar aqui.



domingo, março 20, 2011

A Cidade do Pop/Rock

Estúdio da antiga Cidade Fm de São Paulo

Nosso leitor-ouvinte Marcus Savoi envia uma colaboração valiosa para nosso blog. Acompanhe texto e material em áudio sobre a fase em que a Rádio Cidade FM buscou dar uma guinada para o segmento Pop/Rock:

"Selecionei um material da Rádio Cidade de SP de 1992, quando a emissora abandonou o segmento popular e se posicionou com uma rádio pop/rock, visando alinhamento com as demais emissoras da Rede Cidade. Sem dúvida, um belo desafio de reposicionamento. Por trabalhar com Marketing posso dizer que mudar uma imagem de marca, ainda mais uma imagem sólida como era da Cidade, não seria tarefa fácil. Infelizmente, o projeto não deu certo e a direção do grupo resolveu voltar atrás com a idéia. Para os ouvintes restaram momentos de muita criatividade, chamadas com plástica inovadoras e vinhetas incríveis."


Ouça algumas chamadas de programas da Rádio Cidade em 1992
(se o player não estiver visível ou quiser baixar este áudio, clique aqui)

Marcus Savoi continua:
"Para mim foi um momento muito especial, pois com meus doze anos de idade pude acompanhar de perto meu tio Vinícius Savoi (coordenador artístico da Cidade) no seu desafio de mudar a cara da Cidade. Sem dúvida, minha paixão por rádio começou aí."

Savoi compartilha também vinhetas de abertura de blocos (produzidas nos EUA, possivelmente na JAM).

Ouça a seguir:

(se o player não estiver visível ou quiser baixar o arquivo, clique aqui)

Saiba mais:
Danilo Savoi também relembra esta fase da Rádio Cidade. Veja aqui.

sábado, março 19, 2011

Sony doa 30 mil rádios às vítimas do Tsunami

por Carlos Cardoso em 18 de março de 2011
(publicado no blog Meio Bit)

Entre os geeks há um grande desprezo com tecnologias arcaicas como o rádio, eu mesmo já pensei bastante assim. Na realidade ainda é a tecnologia mais pervasiva e abrangente para disseminar informação, principalmente em situações de desastre.

Por isso é muito bem-vinda a notícia de que a Sony doou, além de US$4 milhões, 30 mil rádios de emergência ICF-B02 para as vítimas do Tsunami de 2011.

O aparelho, com custo unitário na faixa de US$40,00 vale cada centavo.

Alimentado com 2 pilhas-palito, tem 40 horas de autonomia. Ele vem com duas fontes de luz, uma difusa na parte superior e uma dupla de leds na frente.

Não é à prova d´água, mas é resistente a respingos, as pilhas são protegidas.

Além disso ele tem um carregador via manivela pra bateria interna. É, aquilo que o OLPC sempre vendeu que iria ter. Um dia.

Na correia do rádio, vem um apito. Típica idéia que salva vidas.

Na frente do rádio há uma porta que, conectada com os adaptadores que vêm com ele, permitem que você utilize a manivela para carregar a bateria de um celular.

Aqui um vídeo detalhando os recursos do rádio:


O mais legal é que a moça do vídeo comprou o rádio tem alguns dias, a resenha foi subida dia 4 de Março! Vai ser precavida assim no Japão! É o tipo de equipamento que todo mundo deve ter em seu kit-apocalipse (vide Sheldon).

Recomendo a todo mundo que more em áreas com probabilidade de grandes desastres naturais. Quais áreas são essas? Qualquer ponto da superfície da Terra. Pergunte aos dinossauros.

segunda-feira, março 14, 2011

45 anos de rádio jovem no Brasil - 2ª parte: Wolfman Jack, Big Boy e os sons da juventude

lDesde os anos 1930 nosso rádio tem forte influência das emissoras norte-americanas. Foi assim com o surgimento da radionovela e também do principal noticiário da época de ouro, o Repórter Esso.

Ouça a 2ª parte do especial que marca os 45 anos do rádio jovem no Brasil, em que Wolfman Jack e Big Boy são os destaques.
(se o player não estiver visível ou quiser baixar o áudio, clique aqui)

Na retomada do rádio, a partir do transistor, os DJ's das rádios de rock dos Estados Unidos tiveram também paralelos em terras tupiniquins. Uma das maiores evidências disso é a influência que Wolfman Jack teve sobre o "lendário" Big Boy.

Acompanhe a seguir trecho de documentário exibido pelo Film&Arts. Intitulado "Invasores do Rock", o programa destacou o início da era em que os DJ's de AM começaram a tocar rock nos Estados Unidos, no final dos anos 1950. Aqui o bloco final, que deu destaque a um dos mais famosos desses "invasores", o saudoso Wolfman Jack.



Um ótimo documentário, em duas partes, sobre o comunicador BIG BOY está disponível no Youtube. Abaixo, os links para acessar o conteúdo em vídeo.

Big Boy- PARTE 1

Big Boy - PARTE 2

Ouça mais:
Aqui, você encontra um áudio com trecho de programas apresentados por Big Boy na Mundial AM. Entre eles, o famoso"Ritmos de Boate"

domingo, março 06, 2011

45 anos de rádio jovem no Brasil

O anúncio acima, de 27 de março de 1966, publicado no jornal Estado de Minas, marca o início do rádio jovem brasileiro. A contribuição é do nosso colaborador Edu Malavéia (autor do livro Plenimúsica - Memórias de um ouvinte de rádio malcomportado), que foi ao acervo do periódico, tirou a foto e compartilhou conosco.

Em função disso, entramos mais uma vez em sintonia com o grupo de emissoras que mudou a história do rádio musical no Brasil. Em comemoração aos 45 anos da entrada no ar do esquema "Plenimúsica" e "Factorama", que mudou o panorama do nosso rádio, faremos uma série especial. Composta de 3 episódios, você vai conhecer em pormenores a história dos pioneiros do rádio moderno do nosso país. Darcio Arruda, Big Boy, Ângelo Vizarro Jr. são alguns dos destaques.

(se o player não estiver visível ou quiser baixar o áudio, clique aqui)

Desta vez, voltamos à origem da Plenimúsica.

Os leitores/ouvintes mais assíduos de nossas peças raras já sabem, mas vale a pena ressaltar que a Difusora não foi a primeira rádio dos Diários Associados a adotar o formato Plenimúsica/Factorama.

Foi a Rádio Mineira de Belo Horizonte que serviu de piloto para a experiência que depois ganhou espaço nas principais capitais brasileiras.


sábado, março 05, 2011

Propaganda: O carnaval endiabrado da Telesp Celular

Imagine a cena: você recebe uma ligação inesperada. Do outro lado da linha, uma voz rouca e sensual se identifica como a diabinha do baile de carnaval do dia anterior. Mesmo sem lembrar de nada, você dá trela, interessado no que pode acontecer a partir do telefonema. Mas eis que... bem, o resto da história você acompanha nesse spot de 30 segundos:


Ouça o fonograma premiado com ouro na 4ª edição do Prêmio de Criatividade em Rádio do GPR (Grupo dos Profissionais de Rádio), em 2002
(se o player não estiver visível ou quiser baixar o áudio, clique aqui)

Ficha Técnica:
Anunciante: TELESP CELULAR
Agência: Fischer América
Título: Diabinha
Criadores: Paulo Pretti / Gustavo Diehl / Márcio Morgade
Mídia: Maracy Masson Gênova
Atendimento: Roberta Ferreira
Produtora de som: Dr. DD