domingo, maio 10, 2009

CET cancela multas depois de denúncia da Rádio Sulamérica Trânsito

Um dos papéis fortemente desempenhados pelo radiojornalismo atualmente é a prestação de serviços. Em São Paulo, uma rádio dedicada 24 horas a indicar o caminho menos pior para os motoristas da cidade deu ouvidos aos seus ouvintes e conseguiu uma grande vitória junto à CET. Acompanhe o resumo deste caso em áudio e leia a matéria enviada à imprensa pela própria Sulamérica Trânsito.


Ouça aqui um resumo da decisão tomada pela CET após as denúncias feitas pela emissora (se não visualizar o player, clique aqui para ir diretamente ao áudio).

A Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo cancelou as multas aplicadas aos veículos de carga ocorridas próximo à ponte do Jaguaré, na Marginal do Rio Pinheiros.

No início do mês de abril, a Rádio SulAmérica Trânsito (92,1 FM em São Paulo) descobriu essa grave falha de sinalização no sentido Interlagos da Marginal do Rio Pinheiros. Na Ponte do Jaguaré, 200 metros antes da Raia Olímpica, havia uma placa que indicava as faixas 3 e 4 para que os caminhoneiros seguissem em direção ao Sul. Um pouco mais à frente um radar multava os caminhões que trafegavam por ali. Os radares estavam programados para que os caminhões não fossem multados apenas nas faixas da direita, ou seja, isso ocorreria nas faixas 6 e 7.

Mas a placa da CET não dizia isso, além do que, se os caminhões passassem pela Raia Olímpica apenas pelas faixas 6 e 7, sérios problemas iriam ocorrer na aproximação da Ponte Cidade Universitária, onde a Marginal volta a ter apenas 4 faixas. Uma semana após receber a denúncia da Rádio SulAmérica Trânsito, a CET prometeu verificar o problema e informou que os motoristas que se sentissem prejudicados deveriam entrar com um recurso.

Mas, na madrugada do dia 24 de abril, a Companhia de Engenharia de Tráfego retirou a polêmica placa. Em resposta oficial à rádio, a CET informou que a sinalização no local era adequada e que iria manter as multas.

Na noite da última sexta, dia 8 de maio, mediante uma pressão constante da emissora do Grupo Bandeirantes de Rádio, o órgão de engenharia de trânsito recuou e cancelou as ocorrências.

Fonte: www.sulamerica.com.br/radiotransito

2 comentários:

Anônimo disse...

A CET deve tirar do nome da empresa a palavra “Engenharia” , já que os senhores que lá trabalham sequer desconfiam do que se trata esta matéria.

Washington Alexandre disse...

Alem de treinar melhor seus agentes de transito que só sabem multar e esquece qual a real função deles.
Veja o que eu ouvir de um deles ontem (Francisco 098949) na rua 25 de marco, “vai demora..... tira o carro senão vou fazer duas multas” detalhe, estava aguardando uma senhora guarda as bolsas na porta mala para poder estacionar.