domingo, novembro 07, 2010

10 razões para comemorar o Dia do Radialista

Em edição extraordinária, comemoramos mais um Dia do Radialista. Para marcar a data, ouça um trabalho veiculado aqui com exclusividade, que apresenta 10 Razões que comprovam o Poder do Rádio.

A locução é de Sérgio Cursino; texto final do Professor e radialista Alexandre Tondella; edição e efeitos sonoros a cargo do competente Sérgio Zannoti.


Ouça as 10 Razões que comprovam o Poder do Rádio.
(se o player não estiver visível, clique aqui)

Mas você deve estar se perguntando: que história é esta de Dia do Radialista? Já não comemoramos esta data em 2009?

Então, vamos lá: para mim, o dia de fato continua a ser 21 de setembro, mas o de direito passou a ser o dia 7 de novembro.

A princípio, todos que trabalham em rádio e/ou televisão comemoram o dia da profissão em 21 de setembro. Data que foi estabelecida como uma referência aos radialistas desde 1943, quando Getúlio Vargas - na atribuição de Presidente da República - sancionou a lei que fixava um piso salarial para a categoria. Até aí, para quem nos acompanha, nenhuma novidade.


Mas em 2006 Lula assinou e o Senado Federal aprovou uma nova data para a comemoração. O Diário Oficial daquele ano trouxe, em 25 de maio, a sanção da Lei nº 11.327, que institui que o Dia do Radialista passa a ser comemorado, todos os anos, no dia 7 de novembro, data de nascimento de Ari Barroso (foto).

O autor da proposta foi o deputado Sandes Junior PP/GO, que justificou: "além de prestar uma homenagem a Ari Barroso", a data reconhece a importância do Rádio e da categoria profissional dos Radialistas "no contexto da história do país”.

Ari fez de tudo em rádio e ficou conhecido pela criação de uma vinheta sonora, feita com uma flauta, para indentificar os gols nas narrações esportivas.


Um comentário:

Anônimo disse...

lives neighborhood fiona weakest amendments mgregistrar member eighth corners unlocks infiltrate
semelokertes marchimundui